Curta História da Habitação em Lisboa

habitação de Lisboa

Queres conhecer mais sobre a habitação em Lisboa? Vem descobrir algumas curiosidades sobre a forma como vivem os lisboetas.

Talvez já tenhas dado por ti a pensar como viveriam os nossos antepassados. Independentemente da tua origem, imaginar a vida na capital do nosso país desde os primórdios não é uma tarefa fácil sem consultar a história da habitação em Lisboa.

Atualmente repleta de edifícios e milhares de pessoas pelas ruas, a Lisboa que conhecemos hoje evoluiu ao longo de muitos séculos. Os seus habitantes enfrentaram as mais duras privações, superaram conflitos e testemunharam momentos marcantes da história. Mas como foi viver esse percurso até ao dia de hoje?

Vamos descobrir algumas curiosidades acerca da forma como os lisboetas vivem desde os primórdios.

habitação de Lisboa
interior de uma habitação de Lisboa © Pexels

As Primeiras Civilizações em Lisboa

Desde os primeiros sinais da presença de Neandertais junto ao Rio Tejo até à construção de Megálitos, Lisboa assume um relevo tão antigo como a própria humanidade.

O primeiro povo de que há registo como oriundo do que conhecemos agora como Portugal era conhecido pela presença dos Estrímnios, assim denominados graças à posição geográfica da sua presença no extremo ocidente europeu. Falamos de acampamentos rudimentares, com meios técnicos reduzidos no que se refere à pecuária e agricultura.

Vários povos passaram pela região que agora conhecemos como Lisboa, entre conflitos, ocupações e relações comerciais que incluíam Fenícios e Cartagineses. Também Celtas e Gregos estão referenciados como tendo influenciado os destinos da cidade. À medida que os primeiros foram ficando, os Gregos encurtaram a sua presença graças às relações tensas com Cartago.

A Presença Romana em Lisboa

Na altura denominada como Olissipo graças à ideia romântica de que Ulisses teria fundado esta cidade, a presença Romana em Lisboa é feita de acordo com a expansão do Império.

Os habitantes da cidade aliaram-se ao poderio de Roma contra outros povos do Noroeste da Península Ibérica. Nascia assim a província de Lusitânia. Foi também por esta época que o relevo comercial da cidade cresceu exponencialmente. Consigo trouxeram renovados conceitos de arquitetura, esgotos públicos e estradas.

Os Romanos ficariam até à queda do Império e consequentes invasões de Germanos e Hunos. Vivem-se séculos de alternância de povos, epidemias e guerras pelo poder até à chegada dos Mouros.

habitação de Lisboa
Vista panorâmica sobre Lisboa © Pexels

A Vida Muçulmana de Alusbuna

O termo pode atualmente parecer pejorativo, mas na realidade a definição de mouro refere-se de forma abrangente a todos aqueles oriundos do Norte de África.

Presentes na Península Ibérica desde 711, não necessitaram sequer de uma década para se estabelecerem em força um pouco por toda a terra que atualmente conhecemos por Portugal e Espanha. Lisboa já era uma cidade defendida por muralhas e cujas habitações se destacavam pela forma visionária como a arquitetura erguia edifícios belos e funcionais. Apenas em 1492, o mesmo ano em que Colombo chega à América se dá por terminada esta “invasão”.

Esta longa presença ainda hoje se faz sentir nos nomes de muitas das nossas povoações, rituais e hábitos do quotidiano. É apenas com a expansão do Cristianismo e das Cruzadas que se dá uma nova troca de protagonistas.

A Lisboa Moderna

Atualmente, a cidade de Lisboa é um misto de cosmopolita, moderna e com traços de antiguidade derivados da sua rica história. Ao caminharmos nas suas ruas, podemos facilmente ignorar todo o percurso até ao dia de hoje.

Os habitantes de Lisboa observam atualmente valores incríveis afetos aos imóveis da sua cidade, tal como indica a plataforma Imovirtual com um valor de venda médio de 583.636 €.

A habitação em Lisboa evoluiu em conformidade com os séculos, sendo agora bem mais do que uma necessidade de abrigo, para ser o centro de praticamente toda a atividade quotidiana. Se a humanidade prosseguir o seu rumo de forma pouco conturbada, a Lisboa dos próximos séculos terá apenas alguns traços daquela que conhecemos atualmente.

Olhar para a forma como os seus habitantes viveram e vivem neste pedaço de terra é testemunhar a evolução de milhares de anos de história, envoltos em muitos desafios e resiliência.

Queres aventurar-te pela capital do nosso país? Segue o nosso roteiro de viagem de 5 dias em Lisboa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *