10 Filmes de verão que te farão sentir dentro de uma piscina

O verão está aí, e o La Vida es Mara continua a apresentar as melhores sugestões cinematográficas para a temporada mais quente do ano.

Como é habitual, no La Vida es Mara partilhamos contigo as melhores listas de filmes para ver durante as mais ecléticas temporadas do ano. Com o calor escaldante que se faz sentir lá fora, são muitos os amantes de cinema e também amantes de viagens que preferem ficar mais tempo dentro de casa. Por essa mesma razão partilhamos contigo 10 filmes de verão que te farão sentir dentro de uma piscina.

Esta lista original de filmes de verão apresenta algumas das obras mais emblemáticas dos últimos tempos e também filmes pouco conhecidos que poderás descobrir na tua plataforma de streaming preferida. Percorremos o catálogo da Netflix, da Filmin Portugal e da Amazon España para te mostrar como é ainda possível passar um bom bocado sozinho, com família ou amigos durante a época em que o teu corpo começa a pedir mais água, sombra e brisa.

10 filmes de verão
Piscina num apartamento de Madrid © lavidaesmara

As piscinas não só servem de distração num determinado filme, como ganharam um estatuto simbólico, que ficou muito mais evidente na arte das imagens em movimento a partir dos anos 60. A piscina não é só o lugar da descoberta sexual, como também um local que coloca em confronto as dinâmicas masculinas e femininas. Veja-se, por um lado, a representação da água e do desejo em “Chama-me Pelo Teu Nome“, de Luca Guadagnino ou o filme mais distante temporalmente “A Pantera” (1942), de Jacques Tourneur. Por outro lado, não esqueçamos a representação da piscina em “Mergulho no Passado” (1968), de Frank Perry e Sydney Pollack, onde a piscina é o meio caminho entre o indivíduo e o lar.

Tal como nas novelas, a piscina pode ser também representada no cinema como local perfeito para um assassinato ou afogamento acidental. Temos os exemplos de “O Crepúsculo dos Deuses” (1950), de Billy Wilder, “A Piscina” (1969), de Jacques Deray ou “Swimming Pool” (2003), de François Ozon. Na piscina tudo é possível, e o cinema tem utilizado-a como o local perfeito para eliminar um inimigo. Muito mais do que um adereço, a piscina tem perfeito às personagens encontrarem respostas para as suas angústias e ansiedades, mas sempre associado ao escapismo.

Para além destas 10 sugestões mais recentes de filmes de verão, podes conhecer os nossos filmes preferidos para uma noite de verão e delicia-te também com as nossas receitas.

Rainha das Sereias (1944), de George Sidney

filmes de verão
A Rainha das Sereias © MGM

Um dos espectáculos mais kitsch da história do cinema musical. O argumento (?) não importa nada (os equívocos entre um compositor e a noiva, induzidos pelo empresário), o espectáculo é tudo. E neste incluem-se os deslumbrantes números aquático-musicais, tendo por vedeta a rainha do Technicolor desta sessão: Esther Williams.

Como ver? “Rainha das Sereias” está disponível na plataforma DailyMotion Video.

A Primeira Noite (1967), de Mike Nichols

filmes de verão
A Primeira Noite © Lawrence Truman Productions

Durante uma festa de formatura organizada pelos seus pais, Benjamin Braddock é seduzido pela Sra. Robinson. Benjamin é tímido e inexperiente; A Sra. Robinson é a esposa de um dos amigos mais próximos do seu pai. Eles acabam por ter um caso, mas Benjamin apaixona-se pela filha da Sra. Robinson, Elaine. Por inveja e ciúme, a Sra. Robinson faz de tudo para manter o jovem casal separado. Óscar para a Realização para Mike Nichols, este filme conta com a banda sonora de Paul Simon da qual foi retirado o clássico ´Mrs. Robinson´.

Como ver? “A Primeira Noite” está disponível em DVD através da loja online da Amazon.

A Piscina (1969), de Jacques Duray

Alain Delon e Romy Schneider em "A Piscina" (1969) © Société Nouvelle de Cinématographie (SNC)
Alain Delon e Romy Schneider em “A Piscina” (1969) © Société Nouvelle de Cinématographie (SNC)

Delon e Ronet voltam a encontrar-se, nove anos depois de “Plein Soleil”, em papéis que se aproximam. Ronet é um velho amigo de Delon que vem perturbar a felicidade deste em companhia de Romy, lembrando velhas ligações, e acabará vítima de uma morte “acidental” na piscina. Deray constrói de forma notável a progressão da calma para a tensão que se desenvolve ao longo do filme. LA PISCINE ficou também famoso por Romy Schneider desnudar o peito, o que fez correr ao Tivoli uma multidão em 1969 (estava-se na “primavera marcelista”).

Como ver? “A Piscina” está disponível em DVD através da loja da Amazon.

Palombella Rossa (1989), de Nanni Moretti

filmes de verão
Palombella Rossa © lavidaesmara

Uma sátira ao panorama político italiano da altura em que foi feito, sendo, em particular, uma metáfora da situação então vivida pelo Partido Comunista Italiano. A ação passa-se praticamente sempre dentro de uma piscina onde decorre uma partida de polo aquático que reflete os confrontos em causa. Entre dois gags fabulosos (o desastre de carro e a grande penalidade), um homem (Nanni Moretti) procura reconhecer-se e encontrar a função que lhe cabe no mundo. É o filme em que ouvimos Moretti dizer “le parole sono importanti!”. E em que ouvimos o I’m on Fire de Bruce Springsteen numa inolvidável sequência aquática em suspenso.

Como ver? “Palombella Rossa” está disponível na Filmin Portugal.

Swimming Pool (2003), de François Ozon

filmes de verão
Swimming Pool © lavidaesmara

Sarah Morton (Charlotte Rampling), uma escritora britânica de “best-sellers” policiais, vai para a casa de férias do seu editor, na Provença francesa, com intenção de encontrar inspiração e trabalhar no seu próximo livro. Mas a chegada inesperada de Julie (Ludivine Sagnier, em versão Marilyn mediterrânea), a filha francesa do editor, faz com que o trabalho e o descanso fiquem fora de questão. Depois de “8 Mulheres”, François Ozon, o “enfant terrible” que conquistou o cinema francês, assina um filme sobre o processo criativo de um autor e a ténue linha que separa a ficção da realidade.

Como ver? “Swimming Pool” está disponível em DVD através da loja da Amazon.

Water Lillies (2007), de Céline Sciamma

filmes de verão
Water Lillies © Canal+

Subúrbio de Paris, durante o verão. Marie (Paulien Acquart), Anne (Louisse Blachère) e Floriane (Adele Haenel) são amigas e têm 15 anos. Elas praticam nado sincronizado e, enquanto convivem pelos corredores e vestiários da academia, começam a ter os primeiros sentimentos de desejo, amor e violência.

Como ver? “Water Lillies” está disponível em DVD através da loja da Amazon.

O Grande Gatsby (2013), de Baz Luhrmann

filmes de verão
O Grande Gatsby © Warner Bros.

No início dos anos 1920, numa profusão de luxo, álcool e dinheiro, uma figura misteriosa instala-se em Long Island, EUA. Quem é esta personagem sedutora, cujas festas na mansão privada em West Egg atraem a alta sociedade de toda a região? Os mais variados rumores sobre a origem da sua fortuna circulam. Será ele um espião ou um lord inglês? Um herói de guerra ou um simples exibicionista? Mais tarde, a verdade será revelada e, para surpresa de todos, tudo se resume a uma trágica – e obsessiva – história de amor.

Como ver? “O Grande Gatsby” está disponível em DVD na FNAC.

Mergulho Profundo (2015), de Luca Guadagnino

Dakota Johnson em "Mergulho Profundo"
Dakota Johnson em “Mergulho Profundo”

Marianne Lane e Paul De Smedt estão de férias na ilha de Pantelleria, Itália. Ela é uma estrela de rock; ele, bastante mais jovem, é fotógrafo. Os dois estão apaixonados e aproveitam o tempo que lhes sobra para uma reaproximação, após as constantes ausências a que são obrigados devido às suas profissões sempre absorventes. Mas aquela tranquilidade é interrompida com a inesperada chegada de Harry, produtor musical e ex-amante de Marianne, e de Penelope, a sua jovem e bela filha. O desconforto instala-se e a dinâmica entre eles, antes tão pacífica, fica agora comprometida. Entre os quatro, dá-se início a um perigoso jogo de sedução que acaba numa inevitável tragédia…

Como ver? “Mergulho Profundo” está disponível em DVD através da Fnac. Este filme foi filmado em Pantelária, uma ilha italiana perto da Tunísia, que estamos ansiosos por visitar e da qual já falámos num nosso artigo especial. A este filme junta-se “Chama-me Pelo Teu Nome”, outro dos filmes de verão de Luca Guadagnino que apresentamos a seguir.

Chama-me Pelo Teu Nome (2017), de Luca Guadagnino

Timothée Chalamet em "Chama-me Pelo Teu Nome" © Sony Pictures Classics
Timothée Chalamet em “Chama-me Pelo Teu Nome” © Sony Pictures Classics

Verão de 1983. Elio, de 17 anos, vive com a família em Itália, numa bela mansão do século XVII. O pai, um professor de arqueologia de renome, convida Oliver, um norte-americano de 24 anos, a passar alguns meses em sua casa, para o ajudar num projecto. Extraordinariamente inteligente, culto e educado, Elio é também um rapaz tímido e pouco preparado para a vida, que pouco tem em comum com a personalidade exuberante de Oliver. Apesar disso, à medida que o tempo vai passando e se vão conhecendo mais profundamente, uma atracção difícil de ignorar surge entre os dois…

Como ver? “Chama-me Pelo Teu Nome” está disponível no catálogo da Netflix Portugal.

Ao Ritmo de Washington Heights (2021), de John M. Chu

filmes de verão
Ao Ritmo de Washington Heights © HBO / Warner Bros.

O sentimental Usnavi de la Vega,  imigrante da República Dominicana, é dono de uma mercearia em Washington Heights, um bairro de Nova Iorque caracterizado pela sua enorme comunidade latina. Naquelas ruas perfumadas, coloridas e cheias de música, a animação é constante. E a vizinhança, sempre pronta a dançar ao som de qualquer ritmo, nunca perde a esperança de concretizar os seus sonhos.

Como ver? “Ao Ritmo de Washington Heights” estará brevemente disponível em Bluray e DVD. Este é um dos filmes de verão mais ambiciosos do ano, que poderá colocar John M. Chu na corrida aos Óscares 2022.


🍀 Prepara a tua viagem de verão e dá uma vista de olhos  às tours que poderás fazer  nas tuas cidades de sonho.

✨ Edita as tuas fotografias com os  Maja presets.

📸 Para mais destinos cinematográficos inspiradores, segue-nos no Instagram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *