Mergulho em Pantelária: Descobre a ilha vulcânica do Mediterrâneo

Queremos partilhar contigo algumas fotos de Pantelária, uma das ilhas sicilianas mais desconhecidas do Mediterrâneo.

Pantelária é uma das ilhas menos conhecidas da Itália. Banhada pelo Mar Mediterrâneo em toda a sua costa, Pantelária, ou conhecida pelo seu nome italiano Pantelleria, conta com aproximadamente 84 km² de área total (ligeiramente mais pequena do que a Ilha de Santa Maria nos Açores que conta com 96km²), e pouco mais de 6.000 habitantes.

A ilha infelizmente não é uma referência turística comum de ver na nossa televisão, nem sequer é muito promovida por agências de viagens em Portugal, mas não deixa de ser uma terra de muitos encantos que nós estamos ansiosos por descobrir. Como tal, e enquanto aguardamos pela viagem num futuro, vamos desvendar, neste artigo, algumas das suas principais atrações turísticas.

A promoção de Pantelária começa com o vídeo abaixo, que te fará amar este local que se define pela presença de cores fortes, como o azul, o branco e o verde.

Na verdade, Pantelária trata-se de uma ilha vulcânica surgida há 300.000 anos, e situada entre a Tunísia e a Sicília. O seu ponto mais alto é a Montagna Grande, com 836 metros de altura. De facto, o clima da ilha de Pantelária permite desfrutar de cada estação ao máximo, seja a caminhar na floresta desta grande montanha nos meses de inverno, seja simplesmente a desfrutar da frescura do seu oceano na primavera, ou até de um jantar num Dammuso, ao som das chuvas pouco violentas que abatem sobre a ilha durante o outono. Já no verão, o tempo faz-se bastante abrasador, onde as temperaturas poderão chegar aos 37°C ou ir além dos 40°C.

Independentemente do momento em que escolheres passar umas férias em Pantelária, temos a certeza que terás uma experiência inesquecível. A ilha é famosa entre italianos com poder de compra (ciao Giorgio Armani), afinal é o sítio ideal para escapar do stress das grandes cidades e encontrar a tranquilidade plena. Com uma ária cálida, Pantelária é uma espécie de Porto Santo do Mediterrâneo, e talvez pelas proximidades territoriais com as ilhas da Macaronésia não seja um destino muito comentado pelos portugueses. Com mar e montanha à disposição de todos aqueles que a visitam, Pantelária permiti-te ainda saborear de um dos melhores doces italianos, o Bacio Pantesco, sobre o qual já tivemos oportunidade de falar no nosso blog. Acrescido a essa sobremesa, encontramos uma culinária cheia de cor e sabor, onde se destacam o uso abundante de especiarias, o uso do pinhão, do mel e ainda a deliciosa receita de um requintado cuscuz marroquino.

Pantelária
Lago di Venere em Pantelária, ilha da região de Trapani na Sicília © Pixabay

As águas cristalinas de Pantelária são perceptíveis em praticamente todas as suas praias, nas quais destacaríamos a praia Bue Marino, Campobello, Arco dell’Elefante, Cala Levante, Balata dei Turchi, Gadir, Nikà ou a Cala Cinque Denti. Ao longo de todas estas praias de Pantelária poderás avistar as famosas casas típicas da ilha, denominadas Dammusi (no plural) ou Dammuso (no singular), termos obviamente de origem árabe.

Extremamente apelativas ao olhar e ao conforto de quem os visita, os Dammusi são construções tradicionais em formato quadrangular, e contam com três dimensões no seu interior, a kammira, l’arkova e o kammirino. Além de casas típicas, muitos dos Dammusi de Pantelária servem de alojamento local e hotéis, com todo o tipo de comodidades necessárias para passares uns dias de férias sem quaisquer tipo de problemas. O seu teto pintado muitas vezes de branco salta à vista, e faz com que a luminosidade da ilha se estenda do chão ao céu. Ao seu redor, poderão ser observadas várias plantações de uvas zibibbo, utilizadas para produzir o doce néctar dos Deuses, o vinho Passito de Pantelária. São tantas as coisas que queremos fazer no futuro, quando tivermos oportunidade de visitar esta ilha pequena, com tanto por oferecer.

Pantelária
Ilha de Pantelária © Pixabay

Enquanto continuamos a sonhar com este paraíso na Terra, e porque ainda estamos na temporada alta de verão, quisemos partilhar contigo algumas fotos de Pantelária, e além disso, alguns dos espaços de rodagem de “Mergulho Profundo”, filme de Luca Guadagnino que tem Pantelleria como pano de fundo. Foi este filme protagonizado por Tilda Swinton, Ralph Fiennes, Dakota Johnson e Matthias Schoenaerts que nos fez despertar o interesse por esta ilha e fazer com que ganhasse um destacado lugar na nossa alma de viajantes.

Ao contrário do que possas pensar, “Mergulho Profundo” não é somente uma história sobre a magia do Mediterrâneo, mas o cineasta de “Chama-me Pelo Teu Nome” utiliza o local para subverter aquilo que assistiremos ao longo da narrativa, associando o calor de Pantelleria ao mistério, a intrigas românticas e familiares e até ao homicídio. É uma clara apropriação da premissa do filme francês “A Piscina”, com Alain Delon, Romy Schneider, Jane Birkin e Maurice Ronet e com Jacques Deray como realizador. Uma combinação de glamour e sexualidade, a obra contemporânea “Mergulho Profundo” transmite uma experiência nostálgica e enquanto a personagem de Marianne (Schneider) em “A Piscina” é praticamente ofuscada pela presença de Alain Delon, em “A Bigger Splash”, Marianne Lane de Tilda Swinton ganha maior centralidade. Este é um filme sobre uma mulher, rockstar, à procura da aventura mais pessoal do seu ego.

Alain Delon e Romy Schneider em "A Piscina" (1969) © Société Nouvelle de Cinématographie (SNC)
Alain Delon e Romy Schneider em “A Piscina” (1969) © Société Nouvelle de Cinématographie (SNC)

A seguir poderás conhecer as afirmações de Luca Guadagnino e as razões que o levaram a escolher esta ilha para o filme.

“Sempre quis Pantelária para o filme, pois a ilha incorpora um sentido muito perigoso de alteridade e urgência natural que cria outro nível de conflito com os personagens. A escolha de Pantelária nada tem a ver com o facto de eu ser siciliano. Quando decidi fazer este filme sobre quatro pessoas abandonadas à beira de um nervos, percebi que precisava de uma quinta personagem, um cenário que os desmascarasse. Pantelária desenvolveu em mim um certo fascínio, e vejo-a como símbolo dos territórios fronteiriços. É uma zona de fronteira que pede para ser compreendida pelas personagens, que coloca questões éticas. As rochas lá são escuras, quase pretas por causa da atividade vulcânica, e os ventos são lendários e poderosos; o mais famoso conhecido como o scirocco quente que sopra da África.

Vejamos como é que a câmara de Luca Guadagnino filma Pantelária em “Mergulho Profundo” e quais os locais de interesse que aparecem no filme e que também te poderão encantar.

Pantelária em Mergulho Profundo
Dakota Johnson e Matthias Schoenaerts em “Mergulho Profundo” © Twentieth Century Fox

Lista completa de locais de rodagem de “Mergulho Profundo”

Gostas de ilhas ensolaradas? De espaços praticamente intocáveis pelo Homem e és apreciador de paisagens de cortar a respiração? No La Vida es Mara queremos dar-te a descobrir Pantelária, a ilha vulcânica no mar Mediterrâneo, que há algum tempo despertou o nosso interesse. Tudo aconteceu sobretudo pela presença intrínseca da ilha no filme “Mergulho Profundo”. Muitos dos locais de rodagem de “Mergulho Profundo” entraram para a nossa lista de viagens de sonho e por isso iremos apresentar-te cada um deles.

Pantelária
Tilda Swinton, Dakota Johnson, Matthias Schoenaerts, Ralph Fiennes em “Mergulho Profundo” © Twentieth Century Fox

Se no final deste texto despertarmos a tua paixão sobre Pantelária, e estejas a pensar reservar um voo para a ilha, recomendamos-te a consultar primeiro as informações relativamente à pandemia COVID-19 e às medidas adotadas na comuna de Pantelleria e, por sua vez, em todo o território italiano.

Decidimos colocar o nome dos locais no original em italiano, para que possa ser mais útil para ti na tua viagem até Pantelária. Aproveita ainda para reservar o teu Dammuso em Pantelária.

  • Lago di Venere
  • Dammusi Tenuta Borgia
  • Chiesa Parrocchiale di San Gaetano
  • Cineteatro San Gaetano
  • Via Dante Alighieri
  • Laghetto delle Ondine
  • Arco dell’Elefante

Abaixo pormenorizamos cada um destes locais turísticos de Pantelária.

Lago di Venere em Pantelária

Começamos com o Lago di Venere, ou Lago de Vénus, uma das localizações mais românticas do filme de Luca Guadagnino, onde os nossos dois protagonistas Marianne (Tilda Swinton) e o seu namorado Paul (Matthias Schoenaerts) apanham sol, passam lama nos seus corpos, beijam-se e amam-se intensamente. O casal está feliz e, portanto este local assume todo o esplendor divino desse sentimento. A experiência romântica de Marianne com Paul serve assim para mostrar Pantelária como um lugar idílico.

Pantelária
Tilda Swinton e Matthias Schoenaerts em “Mergulho Profundo” © Twentieth Century Fox

No dialeto local, o Lago di Venere é conhecido como “u Vagnu i l’Acqua”, que na tradução literal para português quer dizer “o banho da água”. Este local é património protegido e integra o Parque Nacional da Ilha de Pantelária.

O Lago di Venere é alimentada por três fontes termais (das quais flui água quente entre os 35 e os 58°C), tem uma superfície de 0,2 km2 e uma profundidade de 12 metros. A parte na qual foi rodada a longa-metragem “Mergulho Profundo” foi exatamente a da costa sul, conhecida pela presença de lama térmica e mineral bastante rica em sódio, potássio e enxofre, três propriedades benéficas para a pele.

No filme “A Bigger Splash” de Luca Guadagnino, o Lago di Venere é visto durante uma sequência de dia, mas são muitos aqueles que referem a beleza deste local durante a noite, ou até ao pôr-do-sol. Vale a pena referir que o Lago di Venere é talvez a maior atração turística desta ilha. Em detrimento disso, sentimos que era importante partilhar fotos originais de um nativo da ilha de Pantelleria, o que nos levou a contactar a nossa professora de italiano, Valeria Raffaele, que por cortesia e direitos reservados, deu-nos autorização para publicarmos as suas fotos no nosso blog.

Aeroporto de Pantelária

Um dos locais que vemos no filme “Mergulho Profundo” é exatamente o Aeroporto de Pantelária e obviamente não poderia ser de outra forma. Este é um local de onde chega inesperadamente Harry (Ralph Fiennes) e tudo é mostrado com bastante autenticidade .

Para quem esteja interessado em conhecer os voos com destino a Pantelária, deverá saber que a ilha tem ligações com a Sicília, nomeadamente com a capital Palermo e Trapani também com alguns dos principais aeroportos do território continental italiano como Milão-Linate, Roma-Fiumicino, Bergamo, Turim, Veneza ou Verona.

Aeroporto de Pantelária
Aeroporto de Pantelária © Unsplash

Um pouco de história, sabias que devido à localização estratégica da ilha de Pantelária, o seu aeroporto foi inicialmente uma fortaleza militar? O objetivo era afirmar uma posição do controlo sobre o canal da Sicília. A função miliar do aeroporto acabou por levar a criação de espaços para o depósito de munições, tornando as suas redondezas completamente inabitáveis. Depois da Segunda Guerra Mundial (1939-1945), o Aeroporto de Pantelária começou a receber uma elevada quantidade de voos domésticos e, portanto, começaram também a desenvolver a ilha turisticamente, embora continue a ser um local único e pouco explorado pelos amantes de viagens.

Tenuta Borgia Dammusi

Entre os locais de rodagem de “Mergulho Profundo” em Pantelária, há que destacar o local onde a maior parte do filme se desenrola. A luxuosa villa onde se desenvolveu o festim movimentado de hiper-sensualidade e até de intrigas entre as quatro personagens principais – Marianne, Paul, Harry e Penelope – existe na realidade e corresponde ao alojamento Tenuta Borgia. Aí, encontram-se sete propriedades diferentes com o design característico da ilha.

Pantelária
Ralph Fiennes e Dakota Johnson em “Mergulho Profundo” © Twentieth Century Fox

Entre elas encontramos o Dammuso de Marianne e Paul, o maior e aquele com piscina privada, que poderá custar por semana 9.200 € na época mais alta (10 de julho a 21 de agosto) ou 3.900€ na época mais baixa (de 1 de janeiro a 3 de abril e de 23 de outubro a 31 de dezembro). Todas as informações podem ser consultadas na página oficial da propriedade Tenuta Borgia.

Outra opção muito mais barata, será ficares alojado num Antigo Dammuso restruturado, e que oferece ótimas condições e ainda dispõe de uma piscina exterior, para os amantes do sol. O local está localizado junto à costa de Tricino, bem próxima da praça municipal. 

Igreja Paroquial de San Gaetano em Pantelleria

A Igreja Paroquial de San Gaetano em Pantelleria é uma das igrejas de Pantelária e que permite aos turistas desfrutarem de uma extraordinária caminhada, com uma vista panorâmica ainda mais arrebatadora. Curiosamente, as sequências de “Mergulho Profundo” aconteceram no início do mês de agosto de 2014, altura em que acontecia o festival de San Gaetano.

Cineteatro San Gaetano

Dentro da própria Igreja Paroquial de San Gaetano em Pantelária encontramos um cinema, a sala paroquial que aparece num conjunto de sequências de “Mergulho Profundo“. Na verdade, no filme representam o exterior de um bar, o designado Circolo San Gaetano, onde Harry e Marianne participam juntos num karaoke.

A construção do Cineteatro San Gaetano foi construída em 1960 pelo Padre Giovani Piccirilli. Atualmente é um dos espaços com melhor sistema de som da região, Dolby Digital Sourraund 7.1 com quatro alto-falantes traseiros e projeção em 4K e 3D. São 238 lugares para desfrutar de uma sessão de cinema todos os dias, seja em família ou com amigos.

Laghetto delle Ondine

O Laghetto delle Ondine é uma espécie de piscina natural de Pantelária, no qual se poderá aceder através do mar Mediterrâneo ou por terra. O local tem águas pouco profundas e são, com alguma surpresa, mais quentes.

Pantelária
Laghetto delle Ondine em Pantelária © Pixabay

O Laghetto delle Ondine, assim como o Lago di Venere tem uma associação mitológica, cujo nome refere-se às criaturas mitológicas que habituam nas águas desta piscina. No filme, o Laghetto delle Ondine reflete perfeitamente a situação hedonista, onde se espelha todo o erotismo do casal protagonista.

Apesar do local ser atrativo para banhos e mergulhos, os locais recomendam ter algum cuidado com os ouriços-do-mar escondidos entre as fendas das rochas. Não é tão fácil chegar a este local, mas de qualquer maneira há que fazer a experiência caso viajes até Pantelária.

Arco dell’Elefante

Chegamos finalmente a um dos locais mais interessantes de Pantelária. Situado na costa leste, encontramos o Arco dell’Elefante, uma rocha de lava que sai da terra em direção ao mar Mediterrâneo e cria uma ligeira gruta. Na verdade, é possível saltar desde o seu cume, e também aproveitar a piscina natural que aí se forma graças às correntes marinhas.

Arco dell'Elefante em Pantelária
Arco dell’Elefante em Pantelária © Unsplash

Em “Mergulho Profundo”, o Arco dell’Elefante tem direito a poucos minutos, mas dá para perceber o seu encanto. Vale a pena referir que os que visitar o Arco dell’Elefante em Pantelleria deverão levar consigo calçado de mergulho ou calçado indicado a caminhada, para proteger os pés das pedras pontiagudas, com ligeiras deformações existentes aí.

Qual a origem do nome Pantelária?

Antes de assistires ao trailer de “Mergulho Profundo”, poderás conhecer a origem do nome Pantelária. Na realidade, o nome deriva do árabe ‘Bint el Riah’ ou ‘Filha do Vento’, e há mesmo uma conexão muito forte com a cultura árabe.

Em termos de distâncias, Pantelária fica a apenas a 65 km da Tunísia e a influência marroquina está por todo o lado, sobretudo nos nomes de alguns locais e estradas como Bukkuram, Bugeber, Khaddiuggia, Karuscia, Margana, Mursia, Rekhali e Gadir, entre outros.

Trailer de “Mergulho Profundo”, de Luca Guadagnino

A sinopse oficial de “Mergulho Profundo” pode ser lida a seguir:

Marianne Lane e Paul De Smedt estão de férias na ilha de Pantelleria, Itália. Ela é uma estrela de rock; ele, bastante mais jovem, é fotógrafo. Os dois estão apaixonados e aproveitam o tempo que lhes sobra para uma reaproximação, após as constantes ausências a que são obrigados devido às suas profissões sempre absorventes. Mas aquela tranquilidade é interrompida com a inesperada chegada de Harry, produtor musical e ex-amante de Marianne, e de Penelope, a sua jovem e bela filha. O desconforto instala-se e a dinâmica entre eles, antes tão pacífica, fica agora comprometida. Entre os quatro, dá-se início a um perigoso jogo de sedução que acaba numa inevitável tragédia…

Pantelária surge de forma encantadora e até de maneira mais primitiva. Não percas assim oportunidade de conhecer as suas belezas através do filme “Mergulho Profundo”. O filme está disponível em Bluray e DVD através da página da Amazon.

Mergulho Profundo
Cartaz promocional de “A Bigger Splash” © Twentieth Century Fox

Queres conhecer mais sobre Mergulho Profundo? Um dos elementos mais pertinentes é mesmo o guarda-roupa de “Mergulho Profundo”, com Tilda Swinton bastante elegante a ser vestida pela marca Dior. É igualmente através do guarda-roupa criado por Raf Simons, que encontramos associações aos anos 50 e mais precisamente a Ingrid Bergman e ao filme “Viagem a Itália”, de Roberto Rossellini, do qual também já falámos no nosso blog.

Não será fácil esquecer “Mergulho Profundo”, o deleite para quem procura desfrutar das férias e do calor através do cinema. Em “Mergulho Profundo” Luca Guadagnino enfatiza assim o seu templo de deuses, que são carbonizados pela luz e pelos seus maiores pesadelos, numa das ilhas mais apaixonantes que irás ver no grande ecrã.

Um comentário em “Mergulho em Pantelária: Descobre a ilha vulcânica do Mediterrâneo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *