Destinos Disney: Locais reais a visitar dos teus filmes preferidos (Parte II)

Nesta segunda parte de Destinos Disney, seguimos numa viagem inesquecível pelos filmes nascidos da parceria entre a Disney e a Pixar. Conhece os destinos mais inspiradores dos teus filmes de animação gráfica preferidos.

Não há mundo mais mágico que o mundo criado pela Walt Disney Pictures. A maior empresa de entretenimento do mundo aposta anualmente num conjunto de filmes de animação, outros filmes live-action que retomam as premissas das suas clássicas fábulas – muitas vezes com reviravoltas surpreendentes -, sempre com o carimbo familiar. Nós também somos fãs renhidos desta indústria que tanto faz sonhar as crianças e os adultos e leva os seus espectadores à eterna fantasia. Mesmo assim, os filmes não são apenas inspirados em contos de fadas e são muitos os locais de filmes da Disney inspirados em lugares reais, que agora apresentamos nesta rubrica tão especial.

Foi assim que iniciámos esta nossa grande incursão pelos locais reais dos filmes Disney e que deves visitar. Começámos com os filmes de animação 3D propostos pela Disney e embarcamos agora, como já revelado, numa aventura sobre algumas das longas-metragens da Pixar.

Para aqueles que não sabem muito sobre as subsidiárias da Disney, a Pixar começou como uma subsidiária da Lucasfilm – de George Lucas, que agora também pertence à Disney – e nem sempre as relações entre a Disney e a Pixar foram as melhores. Em 1995, com a estreia bem sucedida de “Toy Story“, o primeiro filme de animação gráfica de sempre, as empresas assinariam um acordo por 10 anos e só em 2006 é que a Pixar foi comprada pela Disney por 7,4 bilhões de dólares, aproximadamente.

Todos os filmes da Pixar produzidos até hoje foram feitos em colaboração com a Walt Disney Pictures e isso certamente não irá mudar. Contudo, a equipa criativa da Pixar coloca-se num setor à parte à da empresa-mãe Disney. A Pixar trabalha na produção exclusiva dos seus filmes e a Walt Disney apenas desenvolve as questões em torno da distribuição. Por isso é que, na realidade, “Frozen: O Reino de Gelo” ou “Entrelaçados” não podem ser incluídos na mesma família de “Toy Story”, “Up – Altamente” ou “Ratatui”.

O trabalho dos profissionais da Pixar não tem ficado de lado quando o tema são galardões. A Pixar já obteve 19 Óscares da Academia, 8 Globos de Ouro e 11 Grammy Awards, além de outras séries de prémios. Todos os 5 filmes desta lista ganharam o Óscar de Melhor Filme de Animação! As mais recentes propostas da Pixar como “Bora Lá” e “Soul – Uma Aventura com Alma”, certamente não ficarão de fora da temporada de prémios que começará muito em breve.

Mas falando do que interessa, faremos uma viagem inesquecível sobre os locais reais que inspiraram os filmes da Disney Pixar. Já estivemos em alguns deles como poderás conhecer melhor em breve. Fica atento!

Alguns dos filmes Disney Pixar estarão disponíveis na Disney+, convém por isso estar atento às diferentes novidades desta plataforma de streaming. Não te esqueçamos de acompanhar o nosso blog para as próximas partes sobre os Destinos Disney.

Quais os locais reais dos filmes de animação da Disney Pixar?

A Disney Pixar já nos levou a muitos países. Desde os locais mais inóspitos como a selva Amazónica da Venezuela, à selva urbana confusa de Paris, têm sido muitas as apostas da empresa que nasceu de uma extraordinária mente: Steve Jobs. Jobs havia adquirido o estúdio de computação gráfica por dez milhões de dólares em 1986 e depois, com a compra da Walt Disney pela Pixar, tornar-se-ia o maior acionista da gigante empresa de entretenimento, onde participava no conselho diretivo.

Os 5 filmes da Disney Pixar apresentados abaixo são todos imperdíveis. Deixa o teu comentário sobre qual destes filmes e locais ainda não viste ou visitaste, mas que pretendes fazer nos próximos tempos. 👇

Ratatui (2007)

ratatui
Ratatui © Walt Disney / Pixar

Um rato chamado Remy sonha ser um magnífico chefe de cozinha contra a vontade da sua família e o maior problema do mundo: ser uma profissão em que os ratos são um alvo a abater. Quando o destino o leva até Paris, Remy vai parar ao sítio dos seus sonhos: um restaurante famosíssimo graças ao seu chefe, Auguste Gusteau. Apesar de todos os perigos por ser um convidado indesejado na cozinha de um dos restaurantes mais chiques de Paris, Remy cria uma parceria inesperada com Linguini, o rapaz do lixo, que, por acaso, descobre os talentos secretos de Remy. Esta parceria gera uma cadeia de acontecimentos hilariantes que vai provocar uma reviravolta no mundo da culinária e fazer com que Remy questione o seu futuro. Será que deve correr atrás do seu sonho de ser um chefe talentoso ou regressar às suas origens como rato?

Local a visitar: Paris, a cidade das luzes foi o grande destaque do filme realizado por Brad Bird e co-realizado por Jan Pinkava. “Ratatui” é sobretudo um filme sobre a paixão pela cozinha e sobre a vida de um ratinho que quer ver o mundo além dos esgotos.

Paris é um local maravilhoso a visitar e curiosamente a cidade onde nasceu a sétima arte. Em Paris, encontra-se o famoso Disneyland Paris, o parque preferido das crianças e ideal para umas férias em família.

Up – Altamente (2009)

“Up – Altamente” (2009) © Walt Disney Pictures

Depois de se estrear na realização com o filme “Monstros e Companhia”, vencedor do Óscar de melhor canção original em 2002 (e nomeado para melhor filme de animação), o criativo Pete Docter regressa com uma nova comédia de aventuras, concebida igualmente pelos estúdios de animação Disney/Pixar.

Carl Fredricksen (voz de Edward Asner), um viúvo de 78 anos, é um vendedor de balões reformado prestes a realizar o sonho da sua vida e fazer voar a sua casa com milhares de balões para explorar as florestas da América do Sul. Mas, sem dar por isso, leva consigo um viajante clandestino: Russell (Jordan Nagai), um delicioso explorador de 8 anos, que leu todos os livros que havia para ler e sabe tudo o que há para saber sobre a natureza, e que é o maior pesadelo de Carl. Sem alternativa possível, Carl resigna-se e juntos viverão muitas aventuras na floresta Amazónica.

Local a visitar: Salto Ángel, localizado no estado de Bolívar na Venezuela, que é o mais alto salto do mundo e inspirou a grande cascata da imagem acima. Com 979 metros de altura, o nome é uma referência ao aviador estado-unidense James Crawford Angel. O seu nome nativo, no entanto, é Parekupa-meru.

Infelizmente a Venezuela não será o local mais aconselhado para visitar neste momento, uma vez que não apresenta condições de segurança, condições sanitárias ou o bem-estar de outros tempos, provocados pela crise do governo de Nicolás Maduro. Mesmo assim, faz parte da nossa lista de destinos de sonho pela beleza e pelo legado deixado pelas nossas famílias, aí emigradas.

Brave – Indomável (2012)

brave-indomavel
Brave – Indomável © Disney / Pixar

A princesa Merida (voz de Kelly MacDonald) é a herdeira do rei Fergus e da rainha Elinor (Billy Connolly e Emma Thompson), os governantes das belas e misteriosas Terras Altas da Escócia. Desde que recebeu um arco e uma flecha como presente de aniversário, dedica-se a treinar, transformando-se numa perita nas artes da caça. Porém, numa terra de tradições seculares, qualquer rapariga da sua idade deve ser graciosa e delicada, algo que vai contra a sua natureza imprudente. Assim, determinada a criar o seu próprio destino e conquistar o seu lugar num mundo predominantemente masculino, Merida vai desafiar alguns dos mais arreigados costumes escoceses. E é nesse percurso difícil que vai descobrir o verdadeiro significado de coragem.

Local a visitar: Escócia e as famosas Highlands, onde é possível fazer passeios pelo Glen Affric, um vale a sudoeste da vila de Cannich, a 24 quilómetros do famoso Loch Ness.

Os criadores de “Brave” também visitaram o país no verão de 2006 e no final de 2007. As paisagens naturais únicas que contemplaram, influenciariam a criação de uma história fictícia sobre o país mais verde do mundo. Já visitamos a Escócia, por isso fica atento aos nossos próximos artigos sobre este país integrante do Reino Unido.

Divertida-Mente (2015)

inside-out
Divertida-Mente © Disney / Pixar

Quando o pai de Riley muda de emprego, toda a família se vê obrigada a abandonar a pequena cidade onde sempre viveu no Minnesota (EUA) para se instalar em São Francisco. Para uma jovem prestes a entrar na adolescência, esta mudança não poderia acontecer em pior altura. Apesar disso, ela sabe que tem de se habituar a esta nova circunstância e não se deixar cegar pelos sentimentos. A Alegria, o Medo, a Raiva, a Repulsa e a Tristeza são as cinco emoções que vivem no quartel-general do seu cérebro, onde a Alegria – a capitã – tenta equilibrar os estados de espírito e, simultaneamente, fazer com que a vida de Riley nunca deixe de ser feliz. Mas quando a Alegria e a Tristeza acidentalmente se perdem dentro do cérebro da menina, a sua vida fica virada do avesso. Com o centro de controlo sem a Alegria a comandar, o Medo, a Raiva e a Repulsa tomam o controlo da sua vida. Assim, numa corrida contra o tempo, duas emoções opostas unem esforços para percorrer as várias secções existentes na jovem mente e encontrar o caminho de volta. Tudo isto antes que a família de Riley perca as estribeiras com as suas flutuações de humor…

Local a visitar: A imagem acima diz tudo. Falamos de San Francisco, uma das cidades mais multi-culturais dos Estados Unidos da América e que tem inspirado vários dos filmes mais importantes do cinema. Em “Inside Out – Divertida-Mente” temos San Francisco representada como espaço de clausura para uma criança, que tem dificuldade em adaptar-se ao novo ambiente. Para a criação desta história, os responsáveis do filme tiveram em conta a Lombard Street ou a escola James Lick Middle School.

Coco (2017)

Coco © Walt Disney / Pixar
Coco © Walt Disney / Pixar

Desde que se conhece como gente que Miguel, de 12 anos, sonha tornar-se um guitarrista famoso, tal como Ernesto de la Cruz, o seu maior ídolo. Apesar de toda a dedicação e do inegável talento, a sua família desaprova esta sua aspiração e tenta de todos os modos fazê-lo abandonar a música. Até que, no meio de tanta insistência em provar a todos que consegue chegar aonde quiser, Miguel acaba por evocar um encantamento que o leva para o estranho Mundo dos Mortos. Lá, encontra muitos dos seus antepassados, alguns falecidos há mais de um século, que lhes vão revelar um mistério relacionado com a sua história familiar.

Local a visitar: O Monte Albán, localizado no estado de Oaxaca, fica no sul do México e é uma paragem obrigatória para os amantes de “Coco“. Mesmo assim, deverás saber que desde os cenários, à dinâmica familiar ou aos pequenos detalhes como a música ou a mitologia, todo o filme é uma carta de amor ao México.

Para além do Monte Albán deverás seguir à vila de San Martin Tilcajete e conhecer mais sobre a história dos famosos alibrijes, os animais guardiões do filme da Pixar. Não te esqueças: para sentires a completa energia de “Coco” há que visitar o México durante o Dia dos Mortos (Día de Muertos), que acontece no dia 2 de novembro. “Coco” é atualmente o filme de maior bilheteria da história do México e arrecadou mais 730 milhões de dólares em todo o mundo.

< Destinos Disney (Parte I)   |   Destinos Disney (Parte III) >


🍀 Agenda a tua viagem a um destes destinos inspiradores da Walt Disney Pictures. Aproveita ainda uma escapadinha de sonho à Disneyland Paris, com as melhores atividades para toda a família.

✨ Faz como nós e edita as tuas fotografias com os fantásticos Maja presets.

📸 Para mais destinos cinematográficos inspiradores, segue-nos no Instagram.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s