5 Melhores livros sobre viagens de Gonçalo Cadilhe

Consideras-te um amante de livros? O La Vida es Mara partilha contigo o seu primeiro artigo sobre livros de viagens, que por acaso também inclui o primeiro livro de viagens lido por nós.

Gonçalo Cadilhe é um escritor e viajante português que já teve a sorte de dar a volta ao mundo e de conhecer os lugares mais místicos e fantásticos da Terra. Nasceu na Figueira da Foz em 1976 e atualmente soma 14 livros publicados que se encontram à venda online ou fisicamente, em várias lojas e livrarias espalhadas por todo o país, como é o caso da Fnac.

O escritor Gonçalo Cadilhe é também responsável por um blog onde partilha, entre muitas coisas, algumas das fotografias, aventuras, experiências e relatos das suas viagens.

Livros sobre viagens © Pexels
Livros sobre viagens © Pexels

Ficámos a conhecer este incrível escritor graças a uma professora do secundário, que nos aconselhou a leitura do livro A Lua Pode Esperar (Gonçalho Cadilhe, 2006) para posteriormente, o apresentarmos em aula. Embora tenha sido o primeiro livro da autoria de Gonçalo Cadilhe que lemos, foi também aquele que mais nos marcou. Deste livro em particular, destacamos a seguinte citação:

(…) viajando com um ou mais companheiros, certos convites não me teriam sido formulados, certas amizades não se teriam desenvolvido. Por isso sou apologista do individualismo itinerante. Quem viaja em grupo, fecha-se no grupo. Quem viaja só, abre-se ao mundo.

Excerto retirado de A Lua Pode Esperar (Gonçalo Cadilhe, 2006)

Daqui chegámos à conclusão que é realmente quando viajamos sozinhos que estamos mais abertos a novas oportunidades, desafios e vivências. Isto porque quando saímos da nossa zona de conforto, crescemos como pessoas e conhecemo-nos melhor. E tu, preferes viajar sozinho ou acompanhado?

Não é por acaso que alguns dos seus livros fazem parte do Plano Nacional de Leitura (PNL). Recomendamos todos os livros de Gonçalo Cadilhe a adolescentes, jovens adultos, adultos e reformados pois são uma fonte de inspiração imensa e permitem viajar e conhecer o mundo sem sair do conforto de casa, através dos seus olhos, das suas vivências e experiências.

Abaixo, O La Vida es Mara apresenta-te, por ordem cronológica, aqueles que para nós são os 5 melhores livros sobre viagens de Gonçalo Cadilhe e as suas respetivas sinopses.

1. A Lua Pode Esperar (2006)

Nestes textos de viagem, Cadilhe ocupa-se dos seus temas habituais: aventuras e contratempos, encontros e reencontros, subdesenvolvimento e choque cultural, pasmo e beleza, solidariedade e fé num mundo melhor.

Pela Patagónia abaixo, pela Indonésia acima, pelas ilhas do Pacífico e do Índico, pelos mares da Tasmânia ou das Caraíbas, pelas cidades dos Andes, da Europa e de África, o olhar maravilhado do viajante percorre a Terra com uma certeza: a Lua pode esperar.

“Só te falta ir à Lua”, dizem-lhe. “Á Lua para quê?”, responde. “Tudo o que me interessa está aqui, na terra.”

2. Planisfério Pessoal (2016)

Evitar o avião no século XXI?

Sim, é possível e foi o que fez Gonçalo Cadilhe nesta volta ao mundo.

Em Planisfério Pessoal, o maior viajante português percorre 3 oceanos, 4 continentes, 38 países, muitos milhares de quilómetros, numa jornada por lugares tão distintos quanto longínquos.

Este livro inclui os textos completos dessa aventura sendo ao mesmo tempo profundo mas divertido, informado mas despretensioso, crítico mas optimista, confessional mas reservado.

3. O Esplendor do Mundo (2017)

Há livros que nos levam a viajar sem sair do lugar, livros que são um convite à viagem, livros que são verdadeiros companheiros nas viagens do quotidiano, livros que são a companhia perfeita para quem parte à aventura e livros que reúnem tudo isto nas suas páginas.

O Esplendor do Mundo, o novo livro de Gonçalo Cadilhe, convida o leitor a sair do sofá, com direito a check-in ou apenas através da imaginação, e a conhecer os locais mais marcantes onde já esteve ao longo da sua vida de escritor-viajante.

Do nascer-do-sol nas dunas da Namíbia ao entardecer nas Cinque Terre, da descida do rio Mekong em balsa à travessia do Pacífico num cargueiro, ou dos Templos de Tikal ao exército de terracota de Xian, Gonçalo Cadilhe seleciona nestas páginas 99 destinos que o leitor devia conhecer, mesmo aqueles que nunca irá querer visitar.

(…) privilegiei destinos luminosos e inspiradores, onde a herança positiva e empreendedora da Humanidade transborda para quem os visita. Apenas na categoria «épico pessoal» me permiti por vezes entrar em territórios que o leitor fará bem em manter-se à distância. Pelo menos, em muitos deles, tenciono não mais lá voltar.

Cada local escolhido é apresentado através de um texto e de fotografias do próprio autor, um registo muito pessoal e vivido do grande viajante português. Entre os sítios escolhidos encontramos locais turísticos, mas, principalmente, destinos bastante inóspitos. Também há História, pequenos relatos, encontros e, sobretudo, lugares verdadeiramente impressionantes.

4. África Acima (2019)

Numa viagem absolutamente fascinante, Gonçalo Cadilhe percorre o continente africano sem recorrer ao transporte aéreo. Em autocarros e comboios, em balsas e bicicletas de ocasião, à boleia em camiões ou a pé com a mochila às costas, o viajante atravessou África desde o cabo da Boa Esperança, no extremo Sul, até ao estreito de Gibraltar, no longínquo Norte.

África Acima é um livro sincero e deslumbrado, em que as amizades, o humor, a tolerância e a humildade conseguem vencer a miséria, a corrupção, as estradas desfeitas e o calor brutal. Gonçalo Cadilhe redescobre a magia e os mistérios de uma África que continua a fascinar as pessoas.

5. Por Este Reino Acima (2020)

Uma viagem ao alcance de todos, para fazer sozinho, em família ou com amigos.

Na sua mais recente viagem, Gonçalo Cadilhe aventurou-se por percursos que todos pensamos conhecer, mas ainda com muito por explorar. Foram 8 dias de caminhada, 200 km de distância entre Lisboa e Coimbra, 25 km por dia, deixando se deslumbrar pelos encantos do nosso país.

Ao percorrer trilhos de outros tempos, o autor evoca o período medieval, relembra como se caminhava há mais de oitocentos anos e reitera como ainda temos tanto a descobrir em Portugal.

A caminhada de Gonçalo Cadilhe, inspirada na viagem que o jovem Santo António terá feito no início do século XIII, por bosques e planícies bem no coração de Portugal, atravessa várias dimensões da atividade física à componente espiritual, da reconstrução histórica à (re)descoberta das belezas no nosso país.

Já conhecias ou já tiveste a oportunidade de ler algum destes livros sobre viagens da autoria de Gonçalo Cadilhe? Se a tua resposta for não, aconselhamos-te a começar a leitura por uma destas suas obras. Caso a tua resposta seja afirmativa, aventura-te a ler as suas restantes obras. Quem sabe se algum dos seus livros te incentiva a realizar e a ajudar a planear uma grande viagem.

Os livros de Gonçalo Cadilhe são uma excelente opção para te manteres entretido durante uma longa viagem de avião, ao mesmo tempo que, literalmente, viajas pelas nuvens.

Gostarias de ver mais recomendações de livros aqui no nosso blog? Deixa-nos a tua opinião nos comentários abaixo.

Boas leituras!


🍀 Não percas as melhores atividades e excursões em todo o mundo.

✨ Faz como nós e edita as tuas fotografias com os fantásticos Maja presets.

📸 Para mais destinos inspiradores, segue-nos no Instagram.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s